O melhor dia das mães

Esse sem duvidas foi o melhor dia das mães desde 2012.

Foi o primeiro que eu escutei do Arthur a seguinte frase: Feliz dia das mães mamãe.

No começo da ultima semana ele já começou a me falar coisas lindas e falar sobre o dia das mães. Meu coração já começou a bater mais forte, até que hoje dia 08/05 ele me falou a frase mais marcante pra mim.

Para quem não sabe minha mãe faleceu quando eu tinha 09 anos, desde então o dia das mães era o pior dia da minha vida.

O Arthur nasceu e a dor de não ter minha mãe por perto diminuiu, bem pouquinho mas diminuiu.

O desespero começa em abril, o mês que minha mãe faleceu, eu começo a ter insonia, sofrer de ansiedade e fico extremamente sentimental.

Já passou 12 anos, eu jurava que conforme os anos passassem a dor diminuiria, mas na realidade aumenta… Eu cresci, e a dor também, eu me sinto mais carente ainda, mesmo sendo super segura e independente de quem me cerca, tu me entende? Eu sou independente, mas a cada ano eu me torno mais dependente da minha mãe e das minhas lagrimas. Não tem um dia que eu não lembre dela, um dia que eu não queira dividir com ela minhas alegrias, meus medos e meus sonhos.

Se ela estivesse aqui ela se orgulharia imensamente da mulher que eu me tornei, independente, bem resolvida que mostra ao mundo para o que veio. Uma mãezona, dona de casa e que tem o melhor companheiro do mundo. Ela se sentiria eternamente grata pela nossa família, pelo nosso Arthur que a cada dia me lembra mais ela. Ela era daquele tipo coruja que amava crianças e as crianças se apaixonavam loucamente por ela. Minha vida seria diferente, talvez eu não fosse tão durona assim.

Domingo das mães é o domingo de nó na garganta, onde à noite eu coloco tudo pra fora…As lagrimas e as pragas ao mundo por ter me tirado ela… Eu entendo a morte dela, mas não aceito.

Eu tento ser forte e minha família me apoia cada um com seu jeito, não é um dia muito legal para ninguém aqui.

Hoje o almoço foi aqui em casa, que festa…A gente ri o tempo inteiro, tinha música, carne e cerveja, haha…A gente tenta fingir que consegue superar, mas o que cada um guarda no peito ninguém pode entender.

O meu bebê me beijou muito hoje, fez birra também… Mas faz parte, a maternidade é isso: alguém tão pequeno, tão fragil diante do mundo te fazendo ter forças de onde tu nem sabia que existia, sou eternamente grata por poder celebrar esse dia, hoje eu sei a emoção que é tu escutar essa frase tão simples: Feliz dia das mães.

Eu tenho um motivo para comemorar o meu guerreirinho que me faz querer ser uma mãe presente todos os dias da vida dele.

Feliz dia das mães pra ti aí, eu sou mãe também e sei que não é nada fácil.

Dá play e conhece a minha “família Buscapé”


 

Comentários

comentários

Nas categorias: Feminice

Tags: ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado