Existe hora para ir morar junto??

Existe hora para ir morar junto??

Sim e não. Você deve ir morar com alguém quando se sentir preparada e não obrigada.

Hoje em dia, não existe mais um ritual para casar, como namorar, não se tocar, ir pedir a mão aos pais e só depois disso casar.

As coisas mudaram um pouco e hoje em dia é muito comum meninas morando com seus namorados.

Eu fui uma destas meninas que aos 16 anos saiu de casa para conquistar sua própria independência.

Eu me arrependi durante as primeiras semanas, ir morar com alguém que a gente não conhece é um tanto quanto confuso, pois quando estamos namorando conhecemos apenas o lado maravilhoso do parceiro (isso não é ruim) e depois que passamos a conviver todos os dias as coisas mudam, mesmo que antes passem metade da semana junto, depois muda…e muito.

Sair da casa dos pais é muito mais difícil do que se pode imaginar.

Você não terá mais suas roupas limpas à sua disposição, a menos que você reserve um tempo para lavá-las.

A comida não aparecerá na mesa no horário que você desejar, você precisará guardar dinheiro, comprar comida e prepará-la.

E se tem uma coisa que some inesperadamente quando a gente se torna independente é DINHEIRO.

A gente sai de casa achando que estará livre, que a vida será mais fácil e que tudo será festa… GRANDE ILUSÃO. A gente acaba se apavorando com a imensidão do mundo, a maldade das pessoas e a responsabilidade parece que vai nos matar asfixiados.

Parece drama, mas não é. Sair de casa e construir uma família com alguém é um passo tão grande que é impossível de ser dado sozinho. Você precisa de apoio ou volta para casa no primeiro feijão queimado.

Ter alguém do teu lado que saiba o quanto isso é difícil, mas que esteja preparado para enfrentar o mundo contigo, faz toda diferença. Se enquanto você estiver namorando ver que quem esta com você não se importa muito com o futuro, não te respeita nem respeita suas escolhas, não dê esse passo tão grande “sozinha”. Isso requer muito amor e amar sozinha na relação é burrice.

 

Comentários

comentários

Nas categorias: Vida a dois

Tags: ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado