O chielo, a picoca e os erros do Arthur

blaaaaMãe faz xicau!!

Essa é a frase do Arthur quando quer seu Nescau…

No começo era bonitinho ver ele falando algumas palavras erradas, mas com o tempo isso acabou me incomodando e fui pesquisar o que poderia ser. Procurando na internet achei algo bem interessante sobre o modo como as crianças falam: (isso não é regra, mas é mais ou menos assim)

* 10 – 14 meses: iniciam-se as primeiras palavras.

* 18 meses: o bebê já possui um vocabulário de 10 – 20 palavras.

* 2 anos: poderá estar usando até 200 palavras

* 2 anos e meio: iniciam-se as sentenças

* 3 anos: a criança já entende o que o adulto fala e faz uso de novas palavras .

Também nesta fase usa a sua linguagem para conseguir o que deseja.

* 4 anos: pronuncia adequadamente os fonemas da língua.

Ele hoje com 2 anos e 5 meses, já sabe falar bastante palavras forma frases e imita os sons dos animais. Claro que sai umas coisas meio bizarras tipo:

MI DA PICOCA (Me da pipoca).

QUELO OLHA COCOYO (quero olhar Pocoyo).

E tantas outras frases sem pé nem cabeça, falando em pé chinelo virou CHIELO, é engraçado admito, mas também me preocupa as vezes eu fico imaginando se ele vai se corrigir ou se vai ficar falando assim por muito tempo. Eu tento não repetir errado do jeito que ele fala, e nem substituir palavras, mas nem sempre foi assim como por exemplo mamadeira que chamavamos nada mais nada menos do que de TETA e a chupeta era BIBI, o erro muitas vezes parte de nós mesmo, parei de falar miando com ele por que ele começou a fazer igual e eu me sentia péssima por isso.

(Site legal Pediatra em Foco)

E vocês o que me contam, seus bebês também falam errado ou apenas apontam com o dedo?

E as mamães que já passaram por isso como foi??

Comentários

comentários