Cama compartilhada

bebe-sentado-na-cama-ao-lado-dos-pais-foto-magashutterstock-000000000000CB56

Quando o Arthur nasceu, não tínhamos um berço para ele. Ele dormia com a gente, tínhamos medo de esmagá-lo, de sufocá-lo… Essas coisas tipicas de pais de primeira viagem.

Lembro que precisei ficar no hospital alguns dias depois do parto (mesmo ganhando de parto normal, pois o Arthur estava em observação) e a cada mexidinha dele eu acordava, não conseguia dormir direito. Arthur ganhou sua cama em Janeiro, não chorou muito para dormir nela, se sentia bem e dormia tranquilo.

Todo mundo critica quem deixa o filho dormir na sua cama, eu detesto isso. Dormir com nós não deixou o Arthur super dependente, ele já era dependente de nós por natureza. Ele é uma criança, independente de dormir com os pais ou não ele precisa de muito amor e carinho, não coloque a culpa na cama.

E por falar em colocar a culpa na cama, eu e meio mundo tínhamos uma dúvida e um medo. Se o bebê dorme com o casal, eles perdem a intimidade?

  • Depois de quase três anos posso dar minha opinião sobre isso. Arthur dormiu bastante tempo em sua cama, mas com a chegada das baixas temperaturas voltou para o ninho dos pais, está dormindo com nós bem quentinho. Isso não fez sumir o desejo e o amor. Acabamos redescobrindo que não precisamos ir para a cama só na hora de dormir, e que também não precisamos de uma cama para nos amar.

NOSSA ANGEL, NÃO TEM VERGONHA DE POSTAR ESSAS COISAS? ( com voz de nojenta)

Não, eu não tenho (tá, tenho um pouco), mas a culpa é de vocês que fazem o sexo parecer crime, como se ninguém praticasse.

O Arthur está dormindo na nossa cama por questão de sobrevivência, vocês já imaginaram uma criança que se mexe a noite inteira, dormir sozinha? Aqui no sul faz um frio danado durante a madrugada, e ele precisa dormir quentinho e bem aconchegado, já basta que normalmente ele vai à escolinha durante o dia e fica longe de nós. Logo ele cresce e deixa de dormir aqui… Até por que ele é bem espaçoso não vai aguentar muito tempo.

Está ruim? – Menos do que eu imaginava. Certo que muitas vezes acordo toda dolorida por que me encolho pra dar espaço para os dois bonitinhos, né.

Mas, é extremamente delicioso dormir agarrada no meu bebê e sentir o cheirinho dele…Ainda mais quando ele faz denguinho pra dormir abraçado na mamãe…

cama-compartilhada

Comentários

comentários

Nas categorias: Filhos

Tags: ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado