A pessoa mais importante do mundo

large

Eu nunca consegui cuidar nem das plantas da minha vó, imagina pensar em ter um filho.Quando descobri que estava gravida a única preocupação que eu tinha era me cuidar para não prejudicar o bebê. Fiz tudo como mandava o figurino.

Hoje sou casada e me sinto responsável por duas vidas (3 com a minha), me sinto responsável pelo Ramón, afinal, cuido o que vou fazer para ele comer, se ele terá roupas limpas, se precisa comprar algo, ele nunca me pediu isso mas eu realmente acho que preciso estar a par de tudo.

Com o Arthur não poderia ser diferente, acho extremamente bizarro isso de outro ser vivo ser extremamente dependente de mim, logo de mim, eu que nunca me preocupei com o amanhã, nunca pensei se o que eu estava comendo ou bebendo era saudável ou não. Hoje preciso pensar nisso e muito mais.

No primeiro dia já entrei em choque. Eu precisava saber se outra pessoa estava com fome, o tanto que precisava de leite, a hora que eu tinha que dar banho nele e por aí vai. Mesmo com o enorme medo de fracassar eu tentei, e a cada dia que me superava mantendo aquele serzinho tão frágil vivo sentia mais vontade de aprender tudo sobre ele e estar com ele a cada segundo. Não é uma tarefa fácil cuidar de uma vida… já jogou Mario Bros???? – Então tu sabe que a qualquer momento pode cometer alguma burrada.

Sempre me senti em uma linha de fogo, e EU NÃO ESTOU RECLAMANDO de ser mãe, só estou compartilhando como é estranho gerar outra vida, ser um alicerce para alguém.

Me acho a pessoa mais importante do mundo, só isso!

 

Comentários

comentários

Nas categorias: Filhos

Tags: , ,

Um comentário

Prih

Muito legal seu depoimento. Não tenho filhos, mas tenho uma irmã pequena e sinto já muita responsabilidade por ela. Sempre me pego pensando como será quando eu for mãe. Acho que por mais que a gente se prepare sempre haverá surpresas, né? Beijos!

Ah, conheci seu blog no blogroll do “Blogs que Interagem”. Parabéns pelo trabalho. :)

Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado